Inscrições abertas para Família Acolhedora

Serviço de acolhimento a crianças em vulnerabilidade social, realizado com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social do DF (Sedes-DF), busca novas famílias interessadas em participar da iniciativa

Lançado pelo Governo do Distrito Federal (GDF), em parceria com o Grupo Aconchego, o programa Família Acolhedora completa quatro anos no DF. Regulamentado pela Lei nº 6.794, de 25 de janeiro de 2021, que institui a política de acolhimento para crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por decisão judicial e outras providências, o programa tem por objetivo oferecer suporte e um lar provisório as crianças durante o período de fragilidade familiar sem que recorram a orfanatos.

No final do mês de julho, o Serviço Família Acolhedora decidiu mobilizar novas famílias voluntárias a se candidatar à ação social. Para Julia Salvagni, vice-presidente do Aconchego e coordenadora do serviço, a iniciativa tem potencial de ampliação. “Hoje temos um convênio pronto para atender 20 crianças, mas não limitamos vagas para famílias voluntárias, pois o nosso objetivo é capacitar o maior número possível de famílias para uma futura ampliação nos acolhimentos,” afirma.

Em suma, as famílias inscritas passarão por um processo de capacitação e por um estudo psicossocial feito pelo Grupo Aconchego, que irá avaliar as motivações, disposição, desejo e habilidades do núcleo familiar para acolher.

Acolher não é adotar – Importante salientar que o programa não pode ser confundido com adoção e nem encarado como um “treinamento” para tal.

Quem pode acolher – Para se cadastrar no programa, as famílias precisam atender ao seguintes pré-requisitos: o responsável ter mais de 18 anos; haver concordância de todos os membros do núcleo familiar; não estar cadastrado no Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento; não possuir antecedentes criminais; ter condições de habitabilidade para receber a criança e comprovação de renda.

Capacitação – Para a realização do Família Acolhedora, o Aconchego capacita profissionais e voluntários que atuam tanto no acompanhamento das crianças quanto das famílias. Todo o trabalho é pautado pelos princípios e orientações do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), das Orientações Técnicas de Serviços de Acolhimento para Crianças e Adolescentes, da Tipificação Nacional dos Serviços Socioassistenciais e das diretrizes internacionais de reintegração Familiar de crianças e adolescentes.

Como se inscrever – Para realizar a inscrição basta preencher o formulário com suas informações e aguardar o retorno.

Formulário: https://bit.ly/3b37uB1
E-mail para contato: inscricaofa.aconchego@gmail.com

Mais sobre os últimos anos do projeto:
Vídeo Institucional:
https://youtu.be/LEAhOu8AWVM

Cartilha:
Seja um doce lar temporário para memórias eternas

Sobre o Grupo Aconchego – O Aconchego é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em dezembro de 1997, que trabalha em prol da convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes em acolhimento familiar e institucional.

Filiado à Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção – ANGAAD, e membro do Movimento Nacional Pró Convivência Familiar e Comunitária – MNPCFC, o Aconchego é reconhecido como referência em Brasília e conta com grande projeção nacional na criação de tecnologias sociais com vistas à garantia do direito das crianças e adolescentes à convivência familiar e comunitária, por meio de ações de intervenção com potencial para a transformação social e cultural.

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – GRUPO ACONCHEGO
Proativa Comunicação
Contatos: Flávio Resende (61) 99216-9188 / Sarah Farias (61) 99816-0852
Tel.: 61 3246-4436
E-mail:proativa@proativacomunicacao.com.br
Facebook/Instagram/Twitter: @ProativaC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *