Grupo Aconchego orienta sobre o período de espera durante o processo de adoção

Por Gabriella Collodetti

Por meio de um encontro virtual, a organização auxiliará os adotantes a lidarem com os seus sentimentos de ansiedade e angústia enquanto aguardam a chegada da criança ou do adolescente

 O Cadastro Nacional de Adoção, lançado em abril de 2008, é uma ferramenta criada para auxiliar os juízes das Varas da Infância e da Juventude na condução dos procedimentos de adoção. De modo geral, o seu objetivo é agilizar os processos de adoção por meio do mapeamento de informações unificadas. Esse sistema concentra o registro, a nível nacional, de crianças/adolescentes aptos para adoção e, igualmente, dos pretendentes habilitados judicialmente para tal fim.

Sabendo que o processo pode demorar – seja por questões burocráticas ou pelo perfil solicitado –, o Grupo Aconchego realizará uma reunião virtual com quem está passando por essa situação para orientar sobre o assunto. A ideia é trabalhar, com os adotantes, esse tempo de espera e favorecer a sensibilização para as questões e necessidades que envolvem os que se tornarão filhos por adoção

O encontro, que possui o tema “Habilitados para adoção: significados, motivações e expectativas”, será neste sábado (13), às 17h, pelo Zoom (https://us02web.zoom.us/j/81523198247),  e contará com a presença de Marilza Barbosa, psicóloga e assistente social; e Soraya Pereira, presidente do Aconchego.

“Sabe-se que, quanto menor a criança desejada, maior o tempo na fila de espera. Isso pode gerar ansiedade e medo durante o processo. Nosso objetivo é oferecer um espaço para que esse grupo, intitulado ‘Laços’, compartilhe os seus sentimentos acerca da situação”, explica Maria da Penha Oliveira, psicóloga e coordenadora do novo projeto do Grupo Aconchego, intitulado “Entrelaços”.

A psicóloga ainda destaca que o encontro será um momento de aprendizado para que os participantes entendam um pouco mais sobre o seu novo papel, de pai ou mãe de uma criança ou adolescente, que vem de uma situação de acolhimento.

Para a ocasião, o Aconchego possui a expectativa de que as pessoas encontrem um espaço para compartilhar as suas angústias, buscando fortalecer cada usuário presente para o futuro encontro com os seus filhos.

*Importante: o encontro é aberto à comunidade, entretanto, para participar, é preciso estar inscrito no Cadastro Nacional da Adoção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – GRUPO ACONCHEGO
Proativa Comunicação
Contatos: Flávio Resende (61 99216-9188) / Gabriella Collodetti (61 99308-5704)
E-mail:proativa@proativacomunicacao.com.br
Facebook/Instagram/Twitter: @ProativaC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *