Adoção Passo a Passo

Aconchego

O nascimento do filho por adoção, tal qual o nascimento do filho biológico, deve ser precedido por um trabalho de preparação voltado para a construção da parentalidade. Exige dos pretendentes a adoção, um longo trabalho de reflexão sobre suas expectativas e motivações para a adoção. Evidencia a necessidade de um trabalho focado na desconstrução de mitos e preconceitos, bem como na desconstrução do filho idealizado para o nascimento do filho real. Aceitar a criança ou o adolescente com sua história real, muitas vezes permeada por negligência e abandono, é condição essencial para fazer nascer o filho por adoção. Entender os trâmites legais que envolvem a adoção com todas as suas questões burocráticas e administrativas é fundamental para a realização de uma adoção consciente e responsável, ainda que o tempo de gestação desse filho seja superior à gestação do filho biológico. Legitimar a filiação pelo eixo jurídico é dar a segurança e o pertencimento à nova família que se forma.

Adoção, precipuamente é um ato de amor. Amor que nasce de uma escolha e que se desenvolve pela aprendizagem e pela prática cotidiana das relações. É também um processo garantido pela lei, que transfere direitos e deveres da família biológica para outra família. Adoção é, portanto, um processo baseado no amor, no conhecimento e na lei.

O Aconchego, ciente desse processo, convida todos aqueles que desejam tornar-se pais e mães adotivos a refletirem os seus desejos, a participarem de grupos de discussão, acompanhamento e de preparação para adotantes e a buscarem o caminho Legal para concretizarem o sonho de ter um filho ou filha por adoção.

Saiba mais sobre a Adoção Legal