Aconchego

Aconchego

Fundada em Brasília em dezembro de 1997, a instituição Aconchego deixou de ser o “Projeto Aconchego” para firmar-se como organização. Após 14 anos de experiências, os integrantes da Aconchego decidiram pela necessidade de uma avaliação de suas atividades, do que foi produzido e dos conhecimentos acumulados pela organização.

Entre agosto e outubro de 2011, foi feita a avaliação dentro de um processo de planejamento estratégico. Ficou evidente a dimensão alcançada pela instituição, o que apontou para um novo posicionamento no cenário nacional no que tange as instituições que trabalham em prol da convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes em acolhimento institucional.

Como consequência, surge um novo arranjo organizacional, articulado de tal forma que suas atividades devem conduzir a instituição ao patamar de referência no desenvolvimento de tecnologias sociais transformadoras que promovam a convivência familiar e comunitária.

O processo de reavaliação institucional fez com que o corpo diretivo da organização adquirisse novas concepções sobre suas atividades, modos de ação – o que, como, para quem e com que finalidade produzir tecnologias sociais. Os estudos e as análises feitas durante uma série encontros entre os dirigentes da Aconchego, resultaram nas seguintes perspectivas: a primeira, de ordem financeira, é a conquista da autonomia operacional. A segunda, diz respeito aos públicos envolvidos da seguinte forma:

a) Desenvolver tecnologias sociais com vistas às ações de intervenção transformadora;
b) Instrumentalizar o sistema de garantia de direitos com foco na transformação conceitual e da cultura:
c) Atuar sinergicamente com sistemas normativos vigentes; e
d) Promover a imagem institucional do Aconchego.

No tocante aos processos internos, concluiu-se pela necessidade de “assegurar a continuada profissionalização da gestão”, como forma de consolidar e manter as operações da organização.

Decorrente da conclusão anterior, em via de mão dupla, torna-se obrigatório o desenvolvimento de mecanismos para capacitação permanente como modo indutor de “Aprendizado e Crescimento”.

Todas essas diretrizes compõem o mapa estratégico que orienta as atitudes e estabelecem as ações da organização Aconchego para que cumpra a sua missão de promover a convivência familiar e comunitária.

Aconchego

Missão

"Promover ações e tecnologias sociais transformadoras em prol da convivência familiar e comunitária de crianças e adolescentes em acolhimento institucional."

Visão

"Ser referência no desenvolvimento de tecnologias sociais transformadoras que promovam a convivência familiar e comunitária."

Diretoria

Presidente
SORAYA KÁTIA RODRIGUES PEREIRA

Vice-Presidente
FABIANA ARANTES CAMPOS GADELHA

1º Secretaria
REGINA CELY MENCARINI

2º Secretaria
PAULO ROBERTO RODRIGUES SIQUEIRA

1º Tesouraria
LEANDRO GADELHA DE PAULA

2º Tesouraria
EDUARDO ROCHA GUIMARÃES

Diretor Jurídico
HELIETH DOLORES PEREIRA DUARTE

Diretor de Ação Social
THAIS DIAS ARGOLO

Diretor de Eventos
ELENY DOS SANTOS PERDIGÃO

Diretoria de Comunicação
MARIA HELENA MARTINHO

Conselho Fiscal:
Presidente - Membro Titular
JEFFERSON NORLEI DA SILVA

Conselheiro Membro Titular
SUELLY DE MENEZES SOARES

Conselheiro Membro Titular
MÔNICA MARIA T GALVÃO DE OLIVEIRA
Conselheiro Membro Suplente
SUSANA MARIKO KANASHIRO COIMBRA

Conselheiro Membro Suplente
BRUNO ARANTES

Conselheiro Membro Suplente
CAROLINA MARIA ARANTES DE MORAIS


Aconchego

Imprensa

O Aconchego já foi notícia em vários meios de comunicação. Clique abaixo para uma compilação de algumas matérias já publicadas sobre nosso trabalho.

Aconchego

Parceiros

O trabalho do Aconchego é realizado em parceria com diversas empresas, entidades e organizações que dividem o mesmo objetivo. Descubra como fazer parte deste time.

Aconchego

Voluntários

O Aconchego sempre é procurado pela imprensa para conceder entrevistas para matérias sobre os projetos. Quem tiver disponibilidade, clique abaixo.